Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Avatar: Melhor que Anime (??!?!??!)

Fala galera!!!

Depois de um tempinho sem postar (e depois de algumas polêmicas também), volto aqui para falar de um desenho que me fez chegar a seguinte conclusão: se quiserem, os estúdios americanos podem HUMILHAR qualquer anime!

Calma, gente! Guardem as tochas e foices e vamos analisar BEM: hoje em dia, os animes com uma duração maior alternam momentos bons, mas a maioria das vezes a animação está MUITO AQUÉM do que deveria... Podemos dizer isso vendo os episódios finais da tão aguardada versão animada da Saga de Hades de Cavaleiros do Zodíaco... a Saga Inferno está muito ruim, e as demais, pelo que me falaram, não melhorou muito...

Estou falando do desenho Avatar, que atualmente passa na Globo e em outro canal a cabo que não sei qual é (sou pobre e não tenho TV a cabo): criado por Bryan Konietzko e Michael Dante DiMartino, a história, apesar de meio clichê, é muito carismática e envolvente; a animação, muito boa (mas muito boa MESMO) para um desenho dos States denotam um cuidado que começa pelas cores (em tons mais pastéis, com menos saturação) até as vestimentas e movimentos dos personagens: para cada tipo de dominação, há um tipo de movimento de kung-fu específico.

Segue um resumo da história, extraído do site www.mundoavatar.com.br:

"Em uma era perdida, a humanidade se dividiu em quatro nações: a Tribo da Água, o Reino da Terra, a Nação do Fogo e os Nômades do Ar. Dentro de cada nação, há uma ordem de homens e mulheres notáveis, chamados de "Dobradores", que são capazes de manipular seus elementos nativos, fazendo uma "dobra", que combina artes marciais variadas. Para manter o equilíbrio entre estas nações, existe um único dobrador que é capaz de controlar todos os quatro elementos. Esse dobrador é o Avatar, um escolhido que manifesta o espírito do mundo em uma forma humana. Quando o Avatar morre, ele reencarna em uma outra nação seguindo um ciclo milenar. Começando com o domínio de seu elemento nativo, o Avatar vai aprender como comandar todos os quatro elementos. Ao longo das eras, as incontáveis encarnações do Avatar serviram para manter as quatro nações em harmonia.

Porém, na época onde se passa a hitória, a Nação do Fogo iniciou uma guerra cujo objetivo é dominar as outras três nações. Somente o avatar poderia impedí-la, mas quando o mundo mais precisa dele, ele desaparece.
Seguindo o ciclo reencarnatório, o próximo Avatar deveria nascer entre os nômades do ar. Sabendo disso, a Nação do Fogo atacou os nômades do ar e eles foram dizimados. A partir daquele dia ninguém mais viu um dominador de ar, e acredita-se que todos eles morreram.

Entretanto, cem anos passaram e dois irmãos da Tribo da Água, chamados Katara e Sokka, salvam um garoto que estava preso dentro de um iceberg e logo descobrem que o garoto, que atende pelo nome de Aang, é um dominador de ar, além de ser o Avatar que sumiu há cem anos atrás. Agora é a hora de Katara e Sokka ajudarem o jovem Avatar Aang a encarar seu destino e salvar o mundo."

E para vocês terem uma idéia (ou apenas rever e curitr) aí embaixo está a sequência final do desenho!



Fonte:http://www.mundoavatar.com.br/

Reações: