Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

terça-feira, 22 de junho de 2010

Flapjack: Tirem As Crianças Da Sala!

Olá, flores gentis! Em meu primeiríssimo post aqui no Gambiarra escolho o fálico (roubando a palavra do Diogo) cartoon As Trapalhadas de Flapjack (ou The Marvelous Misadventures of Flapjack no original).

Um garoto loirinho, de jeito fofo (até meio gay) e olhos esbugalhados em suas grandes “aventuras” em um cais feio e sujo chamado Porto Tempestade, junto de seu amigo e mentor Capitão Falange.
Bem diferente dos trabalhos anteriores do criador Mark “Thurop” Van Orman (As Meninas Superpoderosas, O Acampamento de Lazlo e As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy), o cartoon é escuro e totalmente politicamente incorreto, cheio de preconceitos e maus exemplos. O Capitão é mentiroso e não tem escrúpulos para sustentar seu vício em doces. Destroçado em suas aventuras anteriores, usa próteses de madeira nos braços e pernas e dentes e até órgãos. Influencia muito negativamente o pobre rapazinho, que apesar de ser bondoso e estar disposto a ajudar (às vezes) a todos em Porto Tempestade, é um tanto retardado e age quase sempre sem pensar.


Os dois são meio que mendigos no cais, mas moram dentro da boca da Bolha, a baleia q “adotou” Flapjack e o cria como seu “bebê”. Bolha não gosta da má influência que o Capitão exerce sobre seu filhinho e o espanca ou o deixa secar de fome abandonado em alguma ilha deserta constantemente.



Além disso, durante toda a série cenas de homossexualismo, preconceito, crueldade com animais e crianças, imundícies e bizarrices sem fim, coroados com um traço bem esquisito (com constantes “mensagens subliminares” e menções a pintos) enfeitam os olhos dos crescidinhos (como eu) que morrerão assistindo desenhos animados (como eu). Não existe nada mais horroroso do que o Doutor Barbeiro (literalmente médico e barbeiro), que já chegou a transformar FlapJack em uma garota, pois sua voz era muito fina.





Apesar de tudo, As Trapalhadas de Flapjack é tão FODA quanto poderia ser! Se Bob Esponja era “maluco”, Flapjack é doentio e extremamente engraçado! É impossível não rir ao ouvir Alexandre Moreno (na minha opinião a melhor voz do Brasil) dublando as risadinhas freak do garotinho, q chacoalha os braços imensos parecendo cobras no cio!!!



Mas fica o aviso: NÃO RECOMENDADO PARA CRIANÇAS PURAS E INOCENTES QUE NÃO SAIBAM APRECIAR UMA BOA PIADA.









Reações: