Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Old Massavéio: DJANGO


Se você nunca viu um faroeste "massavéio", comece por este e não se arrependerás !

Django, é um faroeste italiano de 1966 dirigido por Sergio Corbucci e estrelado por Franco Nero. Pra vocês podem ser nomes desconhecidos, mas esses caras foram responsáveis por uma grande revolução dentro do genêro western, e que acabou influenciando muitos outros filmes e aspectos da cultura pop.

A película conta históra de Django (óbvio), um homem que viaja sozinho pelo oeste em busca de vingança contra os que assassinos de sua esposa. Sua caracteristica mais marcante é a cara de poucos amigos, e o caixão que arrasta pra todos os lugares. Durante uma jornada, ele acaba encontrando o auto intitulado Major Jackson, que domina a força uma pequena cidade fronteiriça e que está em confito constante com os mexicanos. Logo no primeiro ato Django encontra os homens do Major torturando uma mulher (a linda Loredana Nusciak), e não pensa duas vezes antes de matar todos para salva-la. Chegando na cidade, o major tenta derrotar Django enviando seu exercito, mas o que eles não esperavam é que dentro do caixão que ele sempre carrega havia uma metralhadora ! Numa sequência até hoje lembrada por sua violência, os soldados do Major vão caindo um a um perante o poder daquela arma, para alegria dos cidadãos da cidade e também dos rivais mexicanos...
Porém ao longo do filme fica claro que Django não tem interesse em fazer aliança com nenhum dos lados do conflito, o que lhe trará terríveis consequências até o final daquela aventura. Tudo embalado por uma trilha sonora frenética, e uma música de abertura que não sai da cabeça até o fim do filme !




O western spaghetti sempre foi feito de forma mais crua (ou seja, mais barata) que seus similares americanos, mas esse filme foi um dos primeiros em todo gênero a ter uma violência considerada extrema na época, tanto que recebeu censura 18 anos. O protagonista fugia do esteriótipo de bom moço cultivado por John Wayne, pois Django era um anti-heroi mal encarado, mal trapilho, e com um código de honra próprio. O resultado disso foi um filme que influenciou as produções seguintes do gênero, e gerou dezenas de continuações (inferiores) com atores diferentes, sendo que muitos até foram voltados a comédia. E o curioso foi que o primeiro filme que vi dele foi justamente uma comédia estrelada pelo Terence Hill, que muitos devem lembrar por causa da cine-série Trinity, ou dos filmes feitos com o Burt Spencer.

A única continuação direta do Django original só saiu em 1987, chamada Django 2 - Il Grande Retorno, mas não chegou a impressionar.


E para citar algumas referências: quem lembra do personagem Lucifer do tokusatsu Cybercops, que puxava um caixão com uma arma de raios dentro ? Até a roupa "civil" dele era em homenagem ao Django de Franco Nero ! E não podemos de esquecer de Quentin Tarantino, que refilmou uma cena do Django em Cães de Aluguel, participou do faroeste oriental Sukiyaki Western Django (de 2007), e no final do ano lançará a sua própria versão do personagem: Django Unchained.



Aproveitem pra correr atrás do filme agora que começou uma verdadeira onda de faroestes nas megastores da vida. Quem sabe não encontram alguns exemplares de Django e viram fãs do personagem ?




E confiram também uma das matanças clássicas do filme, massavéio total !






PS: Esse post pode ser apenas o primeiro de uma série sobre filmes antigos que todo nerd deve assistir. Se a galera curtir, em breve uma nova dica de filme clássico aqui no Gambiarra Blog !

Reações: