Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

O futuro do D&D

Este é um ano que já começou com belas surpresas em todas as áreas da cultura pop, entre elas o anúncio da Wizards sobre suas intenções para a próxima edição do D&D, um anúncio que mereceu um belo de um artigo no New York Times.

Mike Mearls e Liz Schuh, da Wizards.
A nota oficial da editora (que pode ser vista em inglês aqui) expressa a intenção de recolher o feedback de jogadores, ou nas palavras do próprio Mike Mearls, gerente sênior de pesquisa e desenvolvimento do D&D, "Em resumo, queremos um jogo que seja tão simples ou complexo quanto você deseje, com a ação concentrada em combate, intriga e exploração, ao seu gosto. Queremos um jogo que seja inconfundivelmente D&D, mas que possa facilmente tornar-se o seu D&D, o jogo que você quiser mestrar e jogar".
Tudo o que seja dito neste momento ainda é pura especulação, sem sombra de dúvida, mas podemos extrair algumas noções do próprio anúncio. Eu apostaria em uma "pá de cal" sobre a 4ª edição e uma abordagem mais aproximada do sucesso bombástico da 3ª edição mesclado a uma mecânica um pouco mais modular, como o que foi tentado com a série "Player's Options" no AD&D nos anos 90. A empresa já programou, para o fim de janeiro, no evento D&D Experience, um playtest de alguns conceitos que serão usados na próxima edição, e para ano que vem já podemos esperar ver mais alguma coisa grande na GenCon. Agora vamos esperar e ver como essa história se desenvolve.
E, é claro, para quem estiver interessado em entrar na discussão, há o fórum oficial da Wizards para discussão do desenvolvimento, em http://community.wizards.com/dndnext. Agora vamos torcer e ver como será o próximo capítulo da história desta pedra fundamental da história do RPG mundial.

Reações: