Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Tokusatsu Review: Kamen Rider Fourze !



O que você conhece por “Kamen Rider” ? Se a resposta for baseada pelos programas da extinta Rede Manchete,terá uma surpresa com a atual geração de heróis. Os motoqueiros mascarados da era Heisei tem em comum com seus predecessores o visual e o nome, mas fora isso pouco lembram os motoqueiros solitários que os toku-fãs brasileiros haviam se habituado nas décadas passadas... e o que dizer do mais novo herói, com uniforme branco e cabeça de foguete ?

Kamen Rider Fourze estreou no Japão dia 4 de Setembro de 2011, sendo a vigésima segunda serie da franquia Kamen Rider, que comemora os 40 anos da exibição do primeiro herói,e também 50º aniversario do vôo de Yuri Gagarin a Lua! A história se passa nos arredores da Amanogawa High School, que lida constantemente com aparições de monstros e eventos insólitos. Tudo muda com a chegada do aluno transferido Gentaro Kisaragi, que tem o sonho bizarro de fazer amizade com TODOS os estudantes da escola. Seu modo relaxado acaba gerando inimizade com os alunos mais populares dali, e após ser surrado pelo time de futebol americano (!), é surpreendido pelo ataque do mostro Zodiart. Tudo parece perdido, até que agarota Yuuki Jojima empresta a Kisaragi o Fourze Driver, dispositivo de imenso poder que concede ao usuário a capacidade de se transformar em Kamen Rider Fourze ! Daqui em diante veremos as aventuras de Fourze e seus amigos contra os monstros espaciais Zodiart.

É difícil julgar um produto que obviamente não é direcionado á nós, brasileiros viúvos da Rede Manchete. A serie é feita pra agradar de cara o publico jovem japonês: muitas cores, muitos gadgets, musicas alegres, referências a cultura pop mundial, somados a histórias e personagens que parecem tirados de um anime. Aliás, o roteiro é de Kazuki Nakashima, famoso por Tengen Toppa Gurren Lagann... Assisti apenas os primeiros episódios e permeia o tom de "amizade e diversão", diferente dos antigos riders que tinham cara de poucos amigos e eram apenas acompanhados por suas motos com cara de inseto. Com um tanto de de mistério em relação as motivações dos vilões e a origem dos poderes do herói, a serie vai por um clima muito mais alegre e "colorido" do que muitos riders mais recentes, o que causou asco aos que não se arriscaram a ver ao menos um episodio pra tecer criticas mais elaboradas. Por isso indico a série tanto aos fãs mais novos do gênero tokusatsu, quanto a fãs de animes com a "mente aberta", pois ultimamente essas mídias tem mais semelhanças do que seus devotos admitem.






Então... ainda não decidi se a série vale (mais) algumas horas da minha atenção... mas digam aí o que acharam ao menos dos primeiros episódios :)

Reações: