Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Old Massavéio: Ivanhoé, O Vingador do Rei

Um dos melhores filmes capa e espada já feitos. Um Livro Épico. UmaHistória de Amor. Conheça Ivanhoé, o Vingador do Rei! E incrivelmente achei esse filme perdido numa banquinha de dvds promocionais...

O século XII não era lá uma boa época pra ser inglês. Ou ficava no paísvivendo na miséria (estou generalizando), ou ia pras Cruzadas tentar tomar aterra santa dos "infiéis" que moravam lá. Não vou me aprofundar muitoem história e politicagens, mas digamos que enquanto o rei Ricardo Coração deLeão guerreava no oriente, seu país ficava a mercê de governantes menos capazese que pouco ligavam para o povo, terreno fértil para criação de uma serie delendas que se propagam até hoje, sendo mais conhecida a de Robin Hood. E ahistória do filme Ivanhoé, de 1952,começa quando o rei retorna das Cruzadas e é capturado pelos austríacos. Ademora do retorno do monarca ao seu trono apenas tornava as terras saxônicas maisfracas e sujeitas a invasores, e é nessa hora que somos apresentados a Wilfredde Ivanhoé, que se prontifica a salvar o seu senhor.

Ivanhoé era conhecido com um dos mais nobres e valorosos cavaleiros alutar ao lado do rei na Terceira Cruzada. Ao localizar o cativeiro de RicardoCoração de Leão (que muitos acreditavam estar morto), se prontifica a reunir osmeios necessários para resgatá-lo. O herói só não contava com a negativa do PríncipeJohn (conhecido historicamente como “O Sem Terra”), atual regente da saxônia quenão queria acreditar que seu irmão ainda vivia... Não que existisse muito amorentre os dois, ele apenas queria governar sozinho o império. Ao mesmo tempo em queuma parcela da população odiava o rei por abandoná-los por causa de uma guerrajá perdida, outros acreditavam que só com a sua volta o pais seria prospero, econtando com essa lealdade começou a procurar por aliados entre nobres e plebeus.Assim começava um dos maiores épicos do cinema...
De autoria do escocês Walter Scott, Ivanhoé é um livro de 1819 aclamadocomo um dos primeiros romances históricos. O autor se apropriou de certo períododa Inglaterra para contar uma saga de entretenimento cheia dos clássicos duelosentre cavaleiros e uma boa dose de política e critica social. Isso fica claro nofilme durante a relação que o protagonista tem com a judia Rebecca, que sofriapra viver dentro de suas tradições já que vivia sobre o domínio dos inglesescristãos. Como não li o livro, não posso afirmar que a película do diretorRichard Thorpe é uma adaptação perfeita, mas é risível que foi feita com muitorespeito ao original, dado o cuidado que tiveram com a produção acabourecebendo indicações a 3 Oscars: melhor filme, melhor trilha sonora e melhor fotografia.

O cinema atual está cada vez mais carente desse tipo de produção. Embora tenhamos excelentes filmes com temática medieval feitos na ultima década, eles são carentes da inocência e simplicidade que os filmes e contos clássicos possuíam, onde era claro ver a diferença entre o bem e o mal. O que não queria dizer falta de ótimos combates, trilhas sonoras épicas e belas donzelas em perigo pra serem salvas :)

PS: Como muitos excelentes filmes clássico, Ivanhóe pode facilmente ser comprado por menos de 15 reais em certa rede de lojas... só o extra com Tom & Jerry já vale a compra !!



Reações: