Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

segunda-feira, 19 de março de 2012

Pipoca: Motoqueiro Fantasma 2

Olá, pessoal! Aqui estamos nós de novo, desta vez com o segundo filme do Motoqueiro Fantasma. Antes de iniciarmos, creio que seja válido deixar claro que NÃO vi o primeiro filme do crânio flamejante e não tenho a menor ideia de como um se compara ao outro com relação a história, produção, efeitos, etc... Mas sei que ambos têm Nicolas Cage no papel principal, que por sua vez é um super-herói do segundo escalão da Marvel, então não mentirei, minha expectativa não foi nem um pouco boa.
E, infelizmente, o filme acaba cumprindo as expectativas negativas. Temos um Nicolas Cage com atuação exagerada e caricata (sério, com momentos bem Jim Carey, mesmo), um enredo batido (o filho do demônio vai ser sacrificado para que o demônio aumente seus poderes e caminhe sobre a Terra com forças renovadas. Já vi isso TANTAS vezes nos anos 90...), uma reviravolta "surpreendente" de última hora... Basicamente? É o Constantine, só que com mais fogo e explosões.
A tal escavadeira gigante, para os curiosos.
Agora, pra não parecer velho chato, tem algo de positivo? Bom, temos os efeitos especiais, realmente muito bons. Graças a esse filme eu finalmente vi uma escavadeira BWE (um dos maiores tipos de máquina DO MUNDO) em movimento. E em chamas. Ah, e também o fato que o filme acaba não deixando necessidade de ter visto o filme anterior, uma vez que ele dá um belo recordatório em forma de desenho semi-animado no começo do filme. O que mais? O filme traz de volta do limbo hollywoodiano o saudoso Christopher Lambert (praticamente irreconhecível sem uma olhada no IMDB ou na Wikipedia). E o último ponto positivo: O ARROZ DE FESTA do Stan Lee não aparece (pra variar, né?).
Por fim, no geral, a opinião que fica é essa: filme previsível e descartável, não fará a menor diferença na sua vida tê-lo visto (nem mesmo a tal escavadeira em chamas foi TÃO interessante assim, vai...).

Trailer dessa obra de... Hã... Arte?

Reações: