Teste Teste Teste

comments powered by Disqus

terça-feira, 19 de junho de 2012

Pipoca: Prometheus

Saudações, galera! E aqui estamos com mais uma resenha cinematográfica! Desta vez, tratamos da última peripécia do maroto Ridley Scott, que nos brinda com um retorno ao universo de um de seus mais famosos (e antigos) filmes: Alien, o 8º passageiro. A história trata da jornada da espaçonave Prometheus rumo a um mundo distante, onde buscarão o segredo da origem da vida na Terra.

O filme é muito agradável como ficção científica. De fato, a sequência inicial lembra em muito a estrutura de 2001: Início envolvendo uma forma de vida no limiar da humanidade, descoberta científica milhares de anos depois apontando que a humanidade deve buscar seu destino nas estrelas e por fim uma sequência de tour pela nave espacial com tripulação em criogenia.

Dito isto, vamos a algumas indicações de coisas para ficar atento no filme:

1.Michael Fassbender (aqui representando o papel do androide David) PRECISA fazer algum filme em que ele represente um comandante nazista frio e calculista! Será um desperdício MONSTRO para a indústria cinematográfica perder essa oportunidade!
2.Há MUITA alusão mitológica nesse filme. Algumas estão ocultas de forma mais óbvia e outras são mais discretas, mas chegamos de fato ao ponto de termos alusão dentro de alusão. Interessante!
3.Além das alusões mitológicas, há um tom de debate religioso em algumas partes, inclusive resvalando em temas polêmicos da nossa realidade, como o aborto.
Imagina isso. Só que 3D!
4.É sempre bom ter em mente que sim, este filme é parte do universo de Alien, como atestariam, em caso de dúvida, o fato da nave Prometheus ser propriedade da Weyland Corporation, ou pela existência do androide David, a designação de planetas pelo prefixo "LV" seguido de um número.
5.Gente, é ASSIM que se deve usar 3D! Nada de ficar jogando coisas na tela, temos aqui vários cenários detalhados, com profundidade, que conseguem a façanha de fazer você esquecer que está vendo algo de especial!

Enfim, se há algo que eu vi como DEFEITO nesse filme é justamente o fato que é difícil falar dele sem correr o risco de soltar um spoiler. De fato, qualquer dia desses, quando o filme já estiver meio velhinho, bem que gostaria de fazer uma análise detalhada sem medo. Por enquanto, fica apenas a indicação: fãs de ficção científica, assistam com gosto. Fãs do Alien clássico, assistam também, nem que seja apenas pela possibilidade de ver como esse cenário tem mais coisas do que apenas a vastidão fria do espaço onde seus gritos silenciosos não se propagam.

Reações: